domingo, 7 de fevereiro de 2016

Alegria morta



Plumas coloridas
mascaram a dor
que me atinge em cheio.
Os estragos são bem visíveis,
basta mirar minhas pupilas.
Veja! Sou apenas deserto de mim,
De alma ferida, alegria morta.


dinapoetisadapaz