Seguidores

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Desejo de melhores dias


Dois mil e dezesseis foi um ano de inúmeras dificuldades em todos os segmentos, guerra em vários países, altíssima estatística de vidas ceifadas tanto nas guerras lá fora, quanto aqui no nosso Brasil, antigo celeiro de Paz, violência urbana sem controle, escândalos causados pela corrupção generalizada, empresas falidas, alto índice de desempregados, famílias despejadas, acidentes aéreos com inúmeras vítimas e tantas outras mazelas mundo à fora.

Escutamos a toda hora o blá blá do Temer sobre ajuste fiscal e todo tipo de contenção, mas ainda não escutamos alguém falar sobre o fim do auxílio reclusão, não acho que bandido mereça tal privilégio, o trabalhador honesto perde seu emprego e sua família passa dificuldades, vivenciamos hoje os Professores passando pela humilhação de mendigar por terem seus salários atrasados, mas com certeza o auxílio reclusão chega todo mês na hora certa, ou seja família de bandido não pode passar aperto financeiro, esses meliantes animalescos têm que trabalhar pra comer. Tudo errado ultimamente.

Será que alguém assistiu hoje nos jornais que o maníaco do Parque após passar 20 anos na cadeia no mesmo dia que saiu atacou uma mulher e passou nove horas massacrando a jovem, casada e trabalhadora, qual respeito merece este indivíduo, qual interesse em se ressocializar, quer mais é voltar para  receber o salário que nós pagamos para manter a família dele.Pena de morte para ele!!

Não sou dada a assistir novelas, mas escolhi para morar uma cidade do interior onde não tem muita opção, as operadoras não funcionam o sinal não alcança, não tenho TV por assinatura, uma vez ou outra assisto novela, a Sra Globo deveria dar o exemplo, rejeitar enredos de conteúdos violentos, uma escola para o crime .
Clamemos a Deus para que 2017 seja um ano com boas e abençoadas perspectivas, que a bandeira a tremular  seja a da Paz, e que sejamos mais tolerantes.

Tomara Deus que os senhores gestores tenham crises de lucidez e passem a legislar em favor da população que ora vive à mercê da bandidagem.


É tanta a minha indignação que fico bloqueada.

dinapoetisadapaz