Seguidores

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Quadrinhas ciganas



Sou uma cigana de alma
Sangue que não se acalma
Tenho um coração vibrante
Sou mulher contagiante




Sou andarilha por prazer
Gosto do sol e do amanhecer
Em cada nova paragem
Vou deixando minha imagem



Há quem goste do meu jeito
Esse jeito com defeitos
Tão Livre de preconceitos
Um ser que vive satisfeito !


dinapoetisadapaz

Infinito Tempo

             Em homenagem ao dia do Silêncio (07 de maio)


O tempo é infinito, o dia é efêmero como o meu viver, as noites são solidão, tudo me rodeia, não sou porto seguro, sou fragmento do tempo em forma de sombra, não sou abrigo nem deleite, trago em mim o frio cortante das noite invernais , silêncio gritante entre as pedras escorregadias revestidas do musgo que camufla minha existência...

                            dinapoetisadapaz