Seguidores

sábado, 13 de maio de 2017

Coração Voador ( Poemglo)


Coração errante tremula como bandeira,
Imita o vento que balança pra todo lado,
Causando ao seu amor tamanha canseira.

Esse jeito louco, inconstante e vadio,
Invasor de artérias, amante desalmado,
Não sabe a dor que causa essa brincadeira.

Aquele que levanta tal bandeira,
Que não caminha do mesmo lado,
E na vida, ao outro, só causou canseira,

Acaba sozinho como qualquer vadio.

dinapoetisadapaz

Experimental criado pela poetisa Rosa AmbiAnce