Seguidores

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Um Arco- Íris na minha dor


Um mergulho na desilusão,
o afeto refutado,
a ternura, como folha seca
bailando ao vento,
o amor de mim fugindo,
empoeirando minhas emoções.

Soprou vento traiçoeiro,
sacudiu a relação,
o momento ficou sombrio,
o desenlace foi estarrecedor...
Quando senti que ficou apenas
a sua imagem dentro dos olhos meus,
por instantes desejei morrer.

Meu coração,
se encolerizado ou desiludido,
amargando imenso vazio,
entrega-se à redenção,
foi lacerante... parecia ferida incurável!
O exercício do desapego,
vestiu meu ego d’uma pintura qualquer,
deu um ar de arco-íris à minha dor.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Esquina da solidão


Fui feliz quando te amei,
Muito sofri quando te vi partir.
Ao saber-me órfã do teu amor,
o cristalino dos meus olhos
perdeu o brilho,
N’alma, um deserto,
No peito, a sangria fria
encharcou meus lamentos.

O coração em desassossego
magoado e confuso, mas, esperançoso,
tropeça agora nas curvas do teu caminho,
e te encontra na esquina da solidão.

Que embate coração
travou com a razão...!
razão perdeu para o amor,
O coração bandoleiro e vulnerável
Optou pelo o perdão.

Um amor verdadeiro,
é como filho desgarrado,
precisa ser acolhido e amado.
Há quem sinta-se envergonhado
em conceder o perdão.

Ser crível e lembrar do amor divino
é o caminho para a Redenção
Perdoar é preciso,
Faz bem ao coração e alma.




sábado, 22 de julho de 2017

♥ Vamos brincar com a chica nº 26 ? ♥


 Vamos brincar com a chica nº 26 ? 

https://sementesdiarias.blogspot.com.br




Cuidado (Enlaces Disticus)

Se a FRAQUEZA se achegar
Não se deixe amofinar
Se for de ordem emocional
Pode ser um mau sinal
Será indício de depressão?
Melhor uma investigação!
Reaja, abras as cortinas do sim
Feche a janela do não, enfim;
Ore a Deus com fé, fortaleça
Su’alma, por nada esmoreça...!

Relute para não fraquejar

dinapoetisadapaz

 1- FRAQUEZA, pode ser sintoma de alguma Patologia




2- Não sou portador de FRAQUEZA, sou presunçoso!



3- Show FRAQUEZA, tenho Deus no meu coração



sexta-feira, 21 de julho de 2017

Vou!!



Vou...
A passos lentos,
acompanhando
 o tempo.


Vou...
Sentindo o peso do meu fardo
um dia leve, 
outro mais pesado.

Vou...
Consciente 
que não devo atropelar
o meu carmático tempo.

Vou...
Entre as incertezas,
quereres
 e sonhos.

Vou...
costurando
com minhas agulhas tortas,
as malhas do tempo.

Vou...
com minhas
 ferramentas
podando arestas...

Vou...


quinta-feira, 20 de julho de 2017

Feliz dia do Amigo!

Deixo flores para perfumar a noite dos amigos!



Pelos laços de uma amizade
Aos amigos nos ligamos
Com respeito e fraternidade
Permanecemos irmanados

Amigo é uma caixinha de bondade...
Como é gostoso seu abraço apertado
Cede seu ombro sem maldade
Conforta e ainda toma partido

O verdadeiro amigo rega a amizade
Se não vem, deixa um recado
Amigo que traz felicidade
Será sempre um amigo amado

Amigo essa tal cumplicidade
Que abrange presente e passado
É motivo para que nossa amizade
Seja pra nossas vidas um legado


dinapoetisadapaz


terça-feira, 18 de julho de 2017

Deixei deixando!



Deixei minha boca calar
Deixei meus olhos falar
Deixei o pensamento fluir
Deixei a intuição intervir

Deixei meu sonho voar
Deixei o desejo depurar
Deixei a razão insistir
Deixei o coração decidir

Eu vi o pássaro pousar
Eu vi nas asas levar
Eu vi o vento rugir
Eu vi seu castelo ruir

Eu vi o seu desespero
Eu vi um total destempero
Eu vi o tempo sorrir
Eu vi o amor partir

Deixei de lhe aturar
Deixei o vento levar
Deixei sua vida de lado
Deixei o pesado fardo

Deixei os lamentos meus
Deixei sem dizer adeus
Deixei o que estava a me ferir
Deixei, depois de muito refletir.
                        

domingo, 16 de julho de 2017

Amor e ódio



Quando o amor
fica macabro,
os chulos adjetivos
soam com freqüência,
as palavras ternas
caem no desuso,
o distanciamento logo
faz-se presente na vida do casal.

Já não há mais devaneios
nem interesse para o diálogo.
Há duas almas violentamente
despidas de sentimentos.

Se o amor acabou,
não existe mais respeito
nem cumplicidade,
nada mais é parte integrante
do relacionamento, salvo
os desagradáveis xingamentos,
É hora de dizer Adeus!

É hora de acondicionar
no baú das lamentações;
as mágoas, os bons momentos,
a tristeza dos filhos e o peso da separação.

Dizer adeus dói,
mas, dói muito mais
uma convivência onde
o amor se vestiu de ódio!

dinapoetisadapaz