Seguidores

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

A poesia ..



A poesia...

 Ela é assim...Invasiva...
Me espera em qualquer lugar,
na violeta da janela,
nos jardins povoados de borboletas,
na  leveza do beija-flor,
na noite enluarada,
na correnteza do rio,
nas ondas espumantes do mar,
na calmaria de um cais sem barco,
nos fios de prata da chuva,
nas feridas da terra,
na solidão da rosa...
Enfim, onde os olhos do poeta alcança
há sempre um poema a ser escrito!


dinapoetisadapaz

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Arrebatamento




Impetuoso como vento que agita as ondas

Entrou em minha vida com intrepidez

Invadiu meu coração, veio assim do nada

Como num sonho luzente presente se fez



Mergulhou em meus pensamentos, fez morada.

Enfrentou tempestades com veemência e sensatez

Cortou distâncias, rompeu véus das madrugadas

Cumpriu seu papel com firmeza e altivez



Prazeres sentidos entre almas apaixonadas

Num encontro ardoroso sem nenhuma timidez

Loucuras que o amor provoca sem hora marcada



Arrebatamentos de paixões imoderadas

Capaz de extinguir qualquer languidez

Assim é este amor que deixa-me dominada


dinapoetisadapaz