Seguidores

domingo, 21 de maio de 2017

Não Quero



 
Não quero preocupação com o futuro
Não quero ter  certeza de nada.
Desse mundo anarquista
Não espero  bons ventos.
Aquela  ternura  antiga
Que  as pessoas traziam consigo
Há muito  trocada por outros valores
que não fazem  parte d ‘ alma
nem do mundo em que vivem.
Vivem em mundo fantasioso
com a dignidade ferida,
trilhando por caminhos incertos
a procura de tudo  ou de nada
deparando-se apenas com o inconsistente,
o inseguro mundo permeado pelo perigo.
dinapoetisadapaz