Seguidores

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Estação Primavera (Tautoacróstico)












Tautoacróstico é criação do poeta Francis Perot


clode, enfeita e encanta,
emente semeada, sagrado segredo!
T elúrico tempo, temos todos os tons!
lvoroça corações, atiça amores.
arinhosos casais confidenciam causos!
urora avermelhada, aves alegres, afinadas!
lhos ousados ousam ofuscar o ocaso.

erfeita, permitida promessa!
R osas, roseiras, ramos rasteiros
limitadas inspirações insurgem...
etáforas maravilhosas, mesclam, movem
s asas angelicais.
agalume vigilante voeja,
femeridade excêntrica!
oupagem rara!
legra ambientes, amantes aconchegam-se!

Autoria: dinapoetisadapaz

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

TRABALHANDO A MENTE


Uns se refugiam nas palavras
e com elas expressam as emoções
guardadas na fonte que produz a lavra ;
o saber, o expressar, o sentir, as paixões...

Outros se refugiam num olhar contemplativo,
buscam organizar o pensamento
através da reflexão, é um ato comunicativo
com Deus , espírito e mente , é um consentimento

que o Ser se permite a um melhor conhecimento
de si, objetivando lapidar suas ações.
É um trabalho contra as leis inferiores e encharcamento
da alma pela carga de negatividade e alienações.

O ato de disciplinar-se é uma guerra necessária e benfazeja,
é um confronto com os silenciosos inimigos que estão dentro de nós
ditando mecanismos indesejados. É preciso que a mente esteja
limpa sem defeitos interiores como água cristalina que sai da foz.



 

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Saber Viver



Acordar e agradecer a Deus
por mais um dia,
receber a energia do sol,
e acreditar que o hoje
pode ser melhor que ontem,
é um renascer diário.
É inventar e recriar a própria existência.

Na escola da vida
onde o aprendizado é doloroso,
a tristeza, a alegria
o prazer , a saudade
passeiam em nossa alma
deixando em nosso coração
cicatrizes de formas diversas.
São essas marcas que
reforçam a grandeza da nossa caminhada
aqui na esfera terrestre.

Nesse caminhar, chegar é consequência,
importante mesmo é "caminhar sempre".
Valorizar os mínimos detalhes
que as a vida impõe:
as subidas, descidas, as curvas
os maus ventos,
o calar quando quer gritar,
para que amanhã possa dizer:
Vale à pena viver, pois que;
Eu creio no Deus Maior.
E  saber viver é uma grande arte!