Seguidores

sábado, 21 de outubro de 2017

Bom dia amigos (as)


Depois de uma semana de recolhimento indesejado por uma gripe severa, estou retornando aos poucos às atividades do blog, agradeço aos queridos e queridas que aqui passaram e deixaram seus carinhosos  comentários, estarei agradecendo gradativamente, pois ainda estou um pouco debilitada.
Tenham todos um feliz final semana com muita saúde e Paz!
Bjss!
Diná


segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Solitário


Sozinho na mesa do bar
bebendo goles de desilusão.
Enquanto a madrugada calada
se arrasta, arrasta também seus pensamentos
que tocam profundamente o ego corroído.

Pensa na vida, na morte,
na mulher amada que sigilosamente
se foi, sem nada dizer.

Preso a tantos questionamentos
uma dor cortante,
explícita em sentimentos
faz seu corpo tremular.

-onde eu errei?
É tudo tão confuso!

Debruçado em suas lágrimas,
seca o lago dos olhos,
ver seus dias acabados
vegetando no nada,
sente-se abatido, caído,
bebe suas mágoas
na taça da amargura.
-para onde foram todos?

Ah! Se eu fosse um poeta
que finge sofrer, essa minha dor,
eu transformaria em poesia,
mesmo que fosse uma triste poesia!

dinapoetisadapaz