Seguidores

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Invasão



Repentina irrupção
desaloja meus segredos.
Meu cérebro, como um rio
vaza memórias e intimidades
guardadas nos cantos dos olhos.

dinapoetisadapaz

Recorte




Fiz alguns recortes nos meus sentimentos,
Minh’alma estava com aspecto de vidraça
ofuscada, e eu preste a me tornar um fragmento.
Sentindo tudo muito solto, dentro e em redor de mim...

Decidi reerguer-me e não mais permitir
que revires meu coração com falso discurso.
Nosso passado, até hoje permanecia inefável,
Doravante, esconder-me-ei até da tua sombra.

Através das minhas vidraças quero apenas o verde
e não o negro das miragens que me fazia insone
Quem diria que um dia eu criaria coragem
Para me libertar desse amor, ora unilateral.


dinapoetisadapaz