Seguidores

sábado, 7 de abril de 2018

Descaso, o retrato do nosso país



Natalidade descontrolada
População desordenada
Estatísticas furadas

Sistemas congestionados
O pobre na fila humilhado

Vida sem qualidade
Aqui e em qualquer cidade
Sofre o povo de qualquer idade

Cresce o espaço para a ignorância
Conjugado com as circunstâncias
da violência e massacres

O cidadão engaiolado
O bandido solto e folgado
dizimando vidas por puro prazer

Na prisão exige direitos
Na comida bota defeitos
tem suas regalias
e tem uma renda mensal

Desmandos de todos os lados
E sofre o povo calado

É vergonha nacional
a bala perdida que atinge inocentes
É grande a  falta de respeito
Com todo e qualquer sujeito

Diná Fernandes

4 comentários:

  1. Querida Diná, aqui um retrato em poesia de nosso país. Por sinal bem inspirada e construída, Vivemos o caos, a banalização da morte, que antes era um terror, hoje o terror a fomenta. A violência gratuita espanta por todos os cantos desta nação. Longe foi o tempo de sonhar com um cantinho no interior onde reinava a paz, pois lá também a coisa virou e com a simplicidade do povo se faz mais feroz e tudo pelo acesso às drogas disseminadas por todo o país. Não sei sinceramente onde vamos parar, dá medo, angustia viver sem aquela segurança e pior que até da policia temos medo e não sentimos seguros.
    Enfim parabéns pelo grito poético que deve ecoar por todos os cantos, para que outros gritos se unam e possamos a duras penas voltar a sonhar.
    Beijo e bom domingo amiga para uma semana mais leve e alegre.
    Meu terno abraço de paz e luz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Toninho, sabe-se Deus até quando vamos ter que viver assim, assustados.
      Agradecida pela leitura, sempre um prazer saber-me lida por vc amigo.

      Abraço e boa semana!

      Excluir
  2. Bom dia Diná!
    Sua poesia descreve com exatidão esse momento que vivemos.
    Excelente protesto reflexivo.
    gratidão por tua luminosa presença lá no Estação Cigana.
    Abração com carinho

    ResponderExcluir



Seu comentário será bem vindo, deixe suas impressões , sua crítica, desde que não ofensiva me servirá de aprendizado e contribuição para melhora do meu trabalho poético.

Sua visita será retribuída com carinho.
Que Deus abençoe seu dia, sua tarde, sua noite!

Bom dia, Boa tarde, Boa noite!